sexta-feira, 19 de maio de 2017

I.R.V - Parte 10 - Fender Swinger 1969





A Fender Swinger, também conhecida como Fender Musiclander e Fender Arrow foi um modelo de guitarra de curta duração lançada pela Fender em 1969, com poucos feitos. A Swinger foi uma tentativa da CBS (que tinha comprado a empresa em 1965) para extrair mais dinheiro dos materiais em estoque na fábrica, combinando corpos não utilizados e com falhas, corpos estes de contra-baixo, o Fender Bass V e com partes da guitarra Fender Musicmaster. Outro uso de estoque excedente foi a Fender Custom (também conhecida como Fender Maverick, matéria para uma postagem futura aqui no crônicas). A Swinger foi comercializada como uma linha de instrumento mais barato, tipo "estudante", com escala curta de 22,5 pol. (enquanto a strato é 25,5) ela é uma guitarrinha bem pequena. A logo Swinger não é escrita no headstock, apenas o "Fender".


Esta guitas foram desenvolvidas sob a supervisão de Virgilio Simoni 'Babe', sem a ajuda ou mesmo o envolvimento do departamento de P&D da Fender. Simoni tinha começado o trabalho na Fender em 1953, com 16 anos de idade. Elevou-se a gerente de produtos em meados dos anos 60.
Como a Swinger foi construída reciclando partes que eram sobras excedentes, os componentes individuais podem ser mais velhos do que a guitarra. Por exemplo, o braço pode ser datado de 1966. Até onde se sabe, todas as Swingers foram montadas em 1969. Existem estimativas de que apenas 250 a 300 Swingers foram produzidas, mas nunca foram incluídas nos catálogos Fender. Hoje são itens raros e motivo de fascínio entre os colecionadores de guitarras.

 Se tu ainda não conhecia essa raridade, aqui vai as fotos da garotinha:






Esta é na cor Olimpic White























 O headstock estranhão rsrsrs


















 Foram também fabricadas nas cores Dakota Red, Black, Candy Apple Red, Sonic Blue, Lake Placid Blue.

 Esta outra aqui é na cor Lake Placid Blue:

















E ainda esta outra na cor Candy Apple Red:








 Pode notar as cavidades de captadores diferentes escavadas no corpo que originalmente era de contra baixo.



 Elétrica original



 E o captador singlecoil original, em alnico.



 Aqui a guitarra por cima do contra baixo, da para ver como o antigo corpo de baixo foi reaproveitado na Swinger.



Em comparação com uma stratocaster:











Continua em I.R.V - PARTE 11 (Click para ler)










Nenhum comentário:

Postar um comentário