terça-feira, 15 de novembro de 2011

ATO II : A ultima carta do artista






SALVE MINHAS ARTES
NÃO MATE O ARTISTA
QUE VIVE AQUI DENTRO
ELE VIVERÁ ETERNAMENTE
NÃO RASGUE ESTA MINHA CARTA
POIS SERA ETERNA
NESTAS LETRAS TORDUOSAS
COMO UM TEATRO MÁGICO
QUE VAI SENDO INTERPRETADO
POR VOCÊ QUE ESTA LENDO
NÃO ESPERO SUA COMPREENSÃO
EXPRIMINDO IDÉIAS MALUCAS
AUMENTANDO ESTA ARTE MAL COMPREENDIDA
QUE É O QUE ALIMENTA O MEU ARTISTA
NÃO RASGUE  ESSA MINHA CARTA
DEIXE  QUE  ESTA  SEJA  ETERNA
ATÉ ACABAR
NÃO MATE O ARTISTA QUE VIVE EM VOCÊ 






                                            



            

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário